Arquivo da tag: legg calve

Legg calve é uma doença rara e degenerativa

Hoje vamos falar de uma síndrome que atinge cerca de 15 a cada 100.000 pessoas. É a Legg calve. Uma doença rara que afeta as articulações do quadril, caracterizada pela necrose do femur. É muito difícil administrar esta doença. Aparentemente não há cura embora possa ser amenizada. A Legg calve tem quatro estágios: Primeiramente vem os sintomas, que devido a inflamação, diminui o aporte sanguineo. No segundo estagio, necrose ou seja a destruição mais ou menos acentuada na cabeça do femur. Terceiro estagio, fragmentação que Forma um tecido de granulação, entre as zonas necróticas.

doença

Doença legg calve

O diagnóstico da doença é feito a partir dos sintomas e principalmente nas dores do quadril ou virilha aumentada pela dor na perna ou anca. As dores podem surgir também no joelho, começa a haver limitação na perna afetada. Alguns medicos falam em possíveis tratamentos, mas até agora, nenhum que seja efetivo para resolver a doença. O paciente quando diagnosticado, faz uso do Tylenol, gelo e blocos quentes afim de aliviar as dores causadas pela legg calve.

Esta síndrome chamada legg calve também é conhecida como doença de perthes. É degenerativa e por isto a dificuldade em uma cura definitiva. Alguns médicos acreditam que as causas estão em inflamações, traumas e em alimentos inadequados que ingerimos dia a dia. Cada caso é um caso e cada organismo é um organismo. Dores nas coxas, nos joelhos e nas panturrilhas devem ser examinadas cuidadosamente. 

Quando se inicia um tratamento em um portador de legg calve, o objetivo principal é impedir que a síndrome cause a deformação na cabeça. Uma vez que ela se estende até o cérebro só dificulta o tratamento. O portador de legg calve necessita além de tratamento médico especializado, massoterapia e fisioterapia para garantir a continuidade dos movimentos. Esta doença ainda é um pouco desconhecida no mundo da medicina. Não há grandes pesquisas sobre medicamentos eficazes para combatê-la.

Veja também: Retoculite ulcerativa! O que é?